Setembro 26 2014

 

 

 

 

A história do parque da pena conta-se também através das suas árvores. Atuia gigante é um dos exemplares mais extraordinários em toda a Europa, e um magnifico exemplar da época de D. Fernando II.

 

Proveniente do ocidente da América do Norte, com uma altura de 45m, de copa piramidal e de casca espessa, castanho avermelhado. Com ramos inferiores curvando até ao solo onde enraizaram, retomando posteriormente a posição vertical.

 

Árvore muito utilizada pelas populações índias da costa NW da América do Norte, nomeadamente as raízes para a confecção de cestos, a casca para vestuário e a madeira para abrigos. Também com valor medicinal e espiritual.

 

Sem dúvida a minha árvore preferida de Sintra, o que me leva de tempos a tempos a empreender o caminho até ela para a poder admirar.

publicado por blackcrowes às 17:11
Tags:

"O fim de uma viagem é apenas o começo doutra. É preciso ver o que não foi visto, ver outra vez o que se viu já, ver na Primavera o que se vira no Verão, ver de dia o que se viu de noite. É preciso recomeçar a viagem. Sempre." - Saramago
mais sobre mim
Setembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
27

28
29
30


pesquisar
 
Visitas desde Fevereiro 2011
free counters
subscrever feeds
blogs SAPO