Abril 12 2016

12967258_1154042024607387_5004544555667406269_o.jp

 

12923304_1154042087940714_6110165456015029733_n.jp

 

12924625_1154042114607378_3762878622557850059_n.jp

 

12472433_1154042237940699_6119967123464146937_n.jp

 

934136_1154042257940697_8437332787850543685_n.jpg

 

12417519_1154042371274019_7142028214282574628_n.jp

 

Extensão aproximada: 10,1 km.
Duração aproximada: 2h 30m
Grau de dificuldade: 2 
Tipo de itinerário: Linear
Ponto de partida / chegada: EN-10 – Vila Fresca de Azeitão – Quinta da Bacalhoa / EN-379 perto das aldeias de Irmãos e Oleiros
Pontos de interesse: panorâmica para sul 

Breve descrição: Junto ao Moinho do Cuco a poente, grande panorâmica sobre o Vale de Picheleiros e toda a vertente Norte das Serras da Arrábida e do Risco.

 

 

 

 

 

 

 

publicado por blackcrowes às 16:54

Abril 01 2016

12440614_1147736511904605_7601748572044615963_o.jp

 

12417574_1147736558571267_4020712837298697519_n.jp

 

12108095_1147736781904578_326917637528189047_n.jpg

 

12472651_1147737145237875_3841194236831280256_n.jp

 

12809701_1147737675237822_5579378411436378665_n.jp

 

12717986_1147737808571142_6703062996139432049_n.jp

 

12189628_1147737895237800_5990032593453361607_n.jp

 

Percurso pedestre circular de Pequena Rota, com início e chegada a Vila de Rei. Este trilho efectua-se ao longo da ribeira do Lavadouro, ribeira do Vale Feito e ribeiro da Vila. A natureza dotou generosamente este percurso, ao permitir com os seus caprichos, a formação de várias cascatas nos seus vales rochosos, com recantos e paisagens magníficas.

 

O facto de apresentar características diferenciadas confere um ambiente muito tranquilo e relaxante a este percurso, envolvido numa paisagem selvagem em que é possível associar o encanto das cascatas com a existência de numerosas aves e uma flora específica.

 

Retirado de -  http://www.cm-viladerei.pt/index.php/pt/visitar-2/percursos#percurso-de-pequena-rota-trilho-das-cascatas

 

 

 

 

 

publicado por blackcrowes às 12:17

"O fim de uma viagem é apenas o começo doutra. É preciso ver o que não foi visto, ver outra vez o que se viu já, ver na Primavera o que se vira no Verão, ver de dia o que se viu de noite. É preciso recomeçar a viagem. Sempre." - Saramago
mais sobre mim
Abril 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


pesquisar
 
Visitas desde Fevereiro 2011
free counters
subscrever feeds
blogs SAPO