Dezembro 10 2010

 

 

 

Em baixo, ao longo do aterro alto, que foi necessário levantar e amparar com um muro para se poder nivelar a rua Nova da Alfandega, corre a velha e pitoresca rua de Miragaia, assente em arcadas, de longe a longe inundada pelas grandes cheias do rio Douro. È o trecho mais típico desta velha zona ribeirinha do Porto. As casas são pequenas e pobres, mas muito típicas, com as suas varandas de granito, de gradeamento singelo e uma ou outra gelosia sobrevivente. O primeiro piso fica ao nível da rua moderna, onde passam os carros eléctricos e os automóveis, que transitam pela estrada marginal, via Massarelos-Foz.

No primeiro guia de Portugal - volume "Entre Douro e Minho - I Douro Litoral"

publicado por blackcrowes às 10:30
Tags:

"O fim de uma viagem é apenas o começo doutra. É preciso ver o que não foi visto, ver outra vez o que se viu já, ver na Primavera o que se vira no Verão, ver de dia o que se viu de noite. É preciso recomeçar a viagem. Sempre." - Saramago
mais sobre mim
Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
14
15
16
17
18

19
21
22
23
24
25

26
27
29
30
31


pesquisar
 
Visitas desde Fevereiro 2011
free counters
blogs SAPO