Maio 29 2012

 

 

 

 

 

 

 

 

A Quinta do Pisão, situa-se a norte do Concelho de Cascais na Serra de Sintra, possui 450 hectares de àrea, inserido no Parque natural de Sintra Cascais.

Em tempos dedicada à actividade agro-silvo-pastoril, representa um património importante, tanto na organização estrutural da paisagem, compartimentação e uso racional, como na presença de ruínas de valor cultural e arquitectónico.

A intervenção humana neste território resultou no surgimento de novos habitats e nichos ecológicos, que são hoje importantes para a preservação da natureza. No entanto, a interrupção de práticas agrícolas, bem como a gestão da floresta, provocaram o declínio dos agro-sistemas e da biodiversidade associada.

Toda a Quinta do Pisão está aberta à visitação, potenciando o turismo de natureza e dinamizando actividades lúdico-pedagógicas, através de uma rede de trilhos de interpretação ecológica, percursos pedonais, cicláveis e equestres.

O projecto de recuperação do espaço inclui também a reabilitação do património arquitectónico associado ao Casal de Porto Côvo (século XVI), nomeadamente a capela e edifícios vizinhos, assim como todos os edifícios e equipamentos utilizados para dar apoio às actividades agrícolas (estábulos, eiras, fornos, poços, entre outros). Serão desenvolvidos núcleos museológicos que ajudarão a interpretar a presença do Homem no território e os seus usos, como os Fornos de Cal e as Azenhas. A Gruta de Porto Côvo será igualmente alvo de recuperação e apresentação museológica.

A Quinta do Pisão revela-se, assim, como uma grande oportunidade e uma mais-valia para a área metropolitana de Lisboa, visto que é o maior espaço natural acessível ao público inserido em área protegida, preparado para receber visitantes e com uma gestão única no que respeita à diversidade de habitats, de paisagem e de ecossistemas. – no site da C. M. Cascais - http://www.cm-cascais.pt/

 

Há alguns anos conheci este espaço através de um acampamento de escutista, mas na altura não me tinha apercebido de todas as suas potencialidades. É uma quinta enorme, cujo centro localizado num planalto, com uma vista fantástica para a Serra de Sintra para um lado e para a costa de Cascais para outro, com uma escala esmagadora, e que em tempos foi uma seara ao lado da qual está a maior eira que alguma vez vi.

Com diversos trilhos florestais e diversos prados que nesta altura do ano se apresentam floridos por cores primaveris (alvo de um futuro post nesta blog) recomendo a visita… a entrada principal faz-se junto á barragem do Rio da Mula na estrada da Lagoa Azul – Sintra

publicado por blackcrowes às 14:31

"O fim de uma viagem é apenas o começo doutra. É preciso ver o que não foi visto, ver outra vez o que se viu já, ver na Primavera o que se vira no Verão, ver de dia o que se viu de noite. É preciso recomeçar a viagem. Sempre." - Saramago
mais sobre mim
Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
30
31


pesquisar
 
Visitas desde Fevereiro 2011
free counters
blogs SAPO