Outubro 12 2016

13912667_1231180820226840_9082315841951164220_n.jp

 

13920177_1231180676893521_1724185952757638186_o.jp

 

13900097_1231180743560181_7836217415156744997_n.jp

 

13912694_1231180686893520_8851207617849438152_n.jp

 

13912792_1231180740226848_2994931244460352790_n.jp

 

13912866_1231180746893514_4014031421188894712_n.jp

 

 

Do património natural do concelho de Bombarral destacam-se as grutas ocupadas por humanos há milhares de anos. Para além do Paleolítico Superior e Médio, ainda existem níveis do Neolítico que fornecem um espólio, entre machados de pedra polida a estatuetas antropomórficas de terracota, testemunhos arqueológicos provenientes do homem de Neanderthal.

A Gruta Nova da Columbeira está localizada numa encosta do Vale do Roto, esta foi descoberta em 1962. Sendo considerada uma das poucas grutas portuguesas ocupadas durante o paleolítico e uma das que disponibilizou uma oferta arqueológica do Homem de Neanderthal. Segundo as datações obtidas, esta gruta apresenta uma atividade de ocupações paleolíticas com 30.000 anos a.C. Ou seja, esta gruta foi ocupada intensamente por populações paleolíticas, tanto por residência permanente como por curtos períodos sazonais. Quando observada, a fauna realça a presença de hienas das cavernas, lobos, ursos pardos, veados, cabras montês e auroques.

A Gruta da Lapa do Suão também se encontra no Vale do Roto, foi descoberta por volta de 1880, por Carlos Ribeiro, o primeiro escavador. Nesta gruta é possível constatar ocupações oriundas do Paleolítico Superior e Neolítico, que fornecem legados como machados de pedra polida, ídolos-placa decorados, pequenas estatuetas zoomórficas de coelhos e uma estatueta antropomórfica, feita de terracota. Mas também foram encontrados ossos carbonizados, vasos de cerâmica e uma taça decorada com ornatos brunidos, que formam um motivo floral, materiais fúnebres atribuídos à Idade do Bronze.

 

Informação tirada de -  http://portal.oesteglobal.com/Natureza_Bombarral#.V_4QZeUrKM8

publicado por blackcrowes às 11:20
Tags:

"O fim de uma viagem é apenas o começo doutra. É preciso ver o que não foi visto, ver outra vez o que se viu já, ver na Primavera o que se vira no Verão, ver de dia o que se viu de noite. É preciso recomeçar a viagem. Sempre." - Saramago
mais sobre mim
Outubro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


pesquisar
 
Visitas desde Fevereiro 2011
free counters
blogs SAPO