Outubro 25 2013

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

       Pelo menos há cerca de 6 anos que tinha a ambição de fazer a famosa “Marcha dos Fortes”, emblemática caminhada que nos leva através de vários municípios ao longo de parte das famosas Linhas de Torres Vedras.

 

       Desta vez, literalmente, pus os pés a caminho e percorri os 43 Km do percurso deste ano, com partida na Quinta de Vale do Corvo, no sopé da Serra do Socorro, às 7h da manhã, e depois da passagem durante o dia pelos fortes da Enxara, do Alqueidão, da Carvalha, do Calhandriz e do Arpim com paisagens e horizontes abertos e fantásticos, chegámos a Bucelas pelas 20h, com a satisfação de termos conseguido superar esta prova.

 

       Relativamente à organização uma palavra de reconhecimento por uma máquina bem oleada, tanto em termos de preparação do percurso, de abastecimentos, e de todo o acompanhamento. Infelizmente apenas ficou a faltar algum enquadramento histórico, mesmo que simples, dos diversos sítios por onde íamos passando, alguns estreantes desconheceram que estiveram a almoçar mesmo junto ao forte do Alqueidão e que bem valia perder (ou ganhar) 15 minutos do almoço para lá ir.

 

       As Linhas de Torres foram o conjunto de fortificações que isolaram a península de Lisboa, com sucesso, e impediram a ocupação da capital pelo exército francês de Massena aquando da 3ª invasão na Guerra Peninsular, vejam - http://pt.wikipedia.org/wiki/Linhas_de_Torres_Vedras

publicado por blackcrowes às 17:01

"O fim de uma viagem é apenas o começo doutra. É preciso ver o que não foi visto, ver outra vez o que se viu já, ver na Primavera o que se vira no Verão, ver de dia o que se viu de noite. É preciso recomeçar a viagem. Sempre." - Saramago
mais sobre mim
Maio 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


pesquisar
 
Visitas desde Fevereiro 2011
free counters
blogs SAPO