Maio 08 2014

 

 

 

 

 

 

 

 

“A plataforma rochosa da zona entre a praia da Parede e a praia de São Pedro do Estoril é uma área muito rica em termos de biodiversidade devido às suas características biofísicas únicas na costa de Cascais.

 

É uma zona de pequeno areal marcada a sul por uma plataforma rochosa, intertidal - uma zona entre marés -, extensa, em degraus, que fica gradualmente exposta e que se constitui numa área de transição entre o mar e a terra e que se confunde ao ritmo das marés. Um habitat de fauna e flora muito estudados pela comunidade científica, zona de maternidade de várias espécies, algumas raras, propiciada pela manutenção de poças de água ao longo dos sulcos das rochas, a norte é marcada por falésia onde crescem as avencas, que deram o nome à praia.

 

Desde 1998 que a zona classificada está classificada pelo plano de Ordenamento da Orla Costeira como Zona de Interesse Biofísico das Avencas.

Trata-se de um ecossistema frágil e muito sensível à acção humana. Sendo factores de maior pressão a construção desorganizada, a remoção de plantas necessárias para fixar o solo, a pesca não autorizada, o pisoteio e o lixo deixado na praia.” – Retirado do painel informativo existente na praia e no site do jornal Público.

 

 

publicado por blackcrowes às 16:12
Tags:

Olá.
Gostava de partilhar a notícia da realização do 1º Passeio Fotográfico / PhotoWalk de São Pedro de Sintra, com inscrição gratuita, no próximo sábado, dia 24 de maio, pelas 9h.
Toda a informação em www.sintrapenaferrim.pt
Obrigado.
Fernando Wintermantel a 17 de Maio de 2014 às 19:29

"O fim de uma viagem é apenas o começo doutra. É preciso ver o que não foi visto, ver outra vez o que se viu já, ver na Primavera o que se vira no Verão, ver de dia o que se viu de noite. É preciso recomeçar a viagem. Sempre." - Saramago
mais sobre mim
Maio 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
29
30
31


pesquisar
 
Visitas desde Fevereiro 2011
free counters
blogs SAPO