Agosto 20 2010

 

 

 

 

 

 

 

 

Estou ansioso por ir ver ao Museu de Arte Antiga a exposição – “D. Afonso V e a Invenção da Glória” constituída por 4 tapeçarias flamengas que representam  a conquista de Arzila e Tânger, estas tapeçarias, cada uma com 10 metros de comprimento por 4 de altura, desapareceram do nosso país cerca de 1500 com rumo a Espanha e agora pela primeira vez desde essa data, e num acordo entre os dois estados,  regressam para poderem ser admiradas.

Este facto lembrou-me de outras tapeçarias admiráveis que visitei o ano passado no Museu Catedralicio de Zamora, são cerca de 20 peças com temas históricos como a Guerra de Tróia ou as conquistas de Aníbal, a apenas um passo da nossa fronteira são algo imperdível e a visitar.

publicado por blackcrowes às 11:56
Tags:

"O fim de uma viagem é apenas o começo doutra. É preciso ver o que não foi visto, ver outra vez o que se viu já, ver na Primavera o que se vira no Verão, ver de dia o que se viu de noite. É preciso recomeçar a viagem. Sempre." - Saramago
mais sobre mim
Maio 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

Museu catedral Zamora

pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO